MP do Brasil - Hot Stamping

Problemas Técnicos

Oxidação do hot stamping

A causa da oxidação é a composição da tinta preta, normalmente preparada com “nego de fumo”, que inicia-se em até cinco dias após a gravação e pode durar até três meses ou o desaparecimento total da impressão, pois a metalização à vácuo, feita com filamentos de alumínio, cria uma barreira que impede que a tinta “respire” e seque totalmente. Este problema é recorrente no processo de gravação de hot-stamping metálico sobre tintas muito escuras (preto e roxo principalmente) ou metálicas (Metalstar ou similares), quando não são observados alguns cuidados que podem neutralizar a oxidação, tais como:

1º Quando for utilizado este tipo de tinta, nunca utilizar aditivos (cera);

2º Aguardar a cura total da tinta;

3º Aplicar uma camada de verniz base d’agua de boa qualidade, com baixa acidez para isolar a tinta da fita hot-stamping e aguardar a cura total.

Abaixo alguns exemlos de Oxidação do Hot-Stamping.